201605.05
0

As Representações do SUS

Um ano após ter defendido o mestrado já posso compartilhar com vocês em primeira mão minha dissertação. Ter aberto contribuído para o campo Comunicação e Saúde partindo de uma perspectiva diferente foi desafiador em diversos sentidos, desde seguir meu projeto inicial até encontrar referenciais e sistematizar os dados. Mas, sem dúvida, valeu a pena. Espero que esta pesquisa possa inspirar novos estudos e abrir outros caminhos nesse e em outros sentidos da mídia e do SUS.

Posso dizer, ainda, que os resultados apontaram vários caminhos a serem seguidos e que pela limitação de tempo e de espaço não poderiam ter continuação nessa pesquisa. Destaco que dentro da temática comunicação e saúde sempre haverão oportunidades e possibilidades de mais pesquisa e afunilamento, em especial no que diz respeito aos grupos dos jornalistas e da população, os quais pude apontar alguns caminhos nesse estudo pioneiro (sim, também fiquei feliz por esse desafio).

Em breve a dissertação também deve estar disponível no repositório da Universidade federal de Goiás.

Acesse: MÍDIA, JORNALISTAS E CIDADÃOS – as Representações Sociais do SUS.