201701.30
0
0

Estratégias para que o cliente abra seu e-mail

O e-mail ainda é uma das ferramentas mais utilizadas para a comunicação. Mas você já reparou quantos e-mails recebe por dia? E quais deles você realmente abre? Pesquisas realizadas por empresas norte-americanas de tecnologias apontam que, em média, recebemos 125 e-mails por dia e a tendência é que os números aumentem.

Para que seu e-mail seja realmente aberto e lido, em meio a uma caixa lotada de mensagens, é fundamental que o assunto do e-mail seja bem escrito para chamar a atenção do seu cliente.

#1 Vá direto ao ponto

O assunto da mensagem de e-mail é o que de início vai determinar se alguém vai ler ou não o conteúdo enviado. Escreva a palavra-chave no e-mail, dê destaque ao assunto de interesse e use a menor quantidade de palavras possíveis. O ideal é que o assunto do e-mail tenha, no máximo, três palavras.

 #2 Evite perguntas e exclamações

 Muitas pessoas acreditam que assuntos de e-mail com perguntas e exclamações chamam mais a atenção de quem lê, mas não é bem assim. Além de correr o risco de ir para a caixa de spam, a probabilidade de o e-mail ser aberto é mínima. Precisa ser realmente uma pergunta muito boa e instigadora para fazer com que a mensagem seja aberta

Em situações de estresse e t, e-mails com perguntas podem deixar o leitor em uma situação ainda mais desconfortável. Fazer perguntas ou exclamações no assunto do e-mail podem ser interessantes quando o destinatário é alguém familiar ou quando o contexto pode se tornar benéfico a ele.

#3 Use números

Números no assunto do e-mail chama atenção logo de cara, especialmente em e-mails comerciais. Estatísticas e números dão mais credibilidade ao assunto, sem contar que podem favorecer também na devolutiva do assunto.

#4 Letras maiúsculas e minúsculas

Alterne o assunto do e-mail entre maiúsculas e minúsculas, colocando a letra inicial de cada palavra em maiúscula e o resto em minúscula. Por exemplo: Promoção de Natal. As letras maiúsculas dão mais autoridade ao assunto do que se escrevermos tudo em minúscula, que soa mais informal.

Essas foram apenas algumas dicas para que você escreva melhor o assunto do seu e-mail e tenha mais sucesso, instigando o cliente a ler o conteúdo e, dependendo, responder e interagir, contribuindo para resultados mais efetivos.