201511.10
0
0

A comunicação institucional como ferramenta estratégica

Os fluxos de comunicação, os interesses, os processos produtivos, os relacionamentos e outros fatores que envolvem uma organização são influenciados pela globalização, especialmente com o surgimento das novas tecnologias e a ampliação do acesso à informação. Nesse contexto globalizado, o uso das mídias interfere significativamente na imagem das instituições, públicas ou privadas, e na sociedade, criando/modificando realidades.

A comunicação institucional é uma ferramenta estratégica essencial para se relacionar com os públicos. Dessa forma, noticiar é uma das maneiras eficazes de ação e interação no mundo, que é cada vez mais interligado por teias comunicativas. As instituições que ignoram a mídia ou minimizam seu papel estão em posição mais vulnerável, podendo perder a credibilidade com seus públicos e a oportunidade de consolidar uma imagem positiva junto à sociedade.

O uso das mídias se constitui cada vez mais em uma ferramenta importante para estreitar laços entre organizações e públicos, por isso quem reconhece essa importância e administra com mais eficácia a comunicação está mais preparado para administrar assuntos que envolvam a mídia e a sociedade no dia a dia.

Não apenas por meio dos jornais, rádios e TVs, mas também pelos computadores, tablets e celulares, a informação, a notícia, está sempre a menos de um passo do cidadão e é por isso que essas ferramentas de comunicação devem ser mais bem utilizadas pelas organizações. São canais de visibilidade das instituições com a sociedade, logo, considerados também uma maneira de mostrar transparência com os públicos quanto às responsabilidades, atitudes e decisões da organização, sendo assim uma jogada positiva e necessária junto aos formadores de opinião.