201603.18
0

A internet e os falsos diagnósticos

Informações de saúde, como diagnósticos de doenças e tratamentos, ocupam uma boa parte das pesquisas na internet. E isso é um resultado positivo de como a tecnologia permitiu o acesso à informação, a divulgação de formas de prevenção, de tratamento e de outras informações de saúde. No entanto, confiar apenas em informações sobre suas suspeitas de saúde tendo como base apenas pesquisas em sites pode gerar uma ansiedade desnecessária, além de um diagnóstico impreciso ou errado, por isso o profissional de saúde sempre deve ser procurado.

Para fins de saúde vale a máxima “cada caso é um caso”. O profissional de saúde vai avaliar seu perfil, verificar suas condições e hábitos de saúde, além de outros pontos que irão definir se há um problema de saúde e, principalmente, o tratamento adequado para este problema. Em boa parte dos casos vale a pena reunir informações da pesquisa na internet e levantar dúvidas para levar na consulta clínica. Porém, para muitas doenças, há uma infinidade de informações que podem levar o paciente a crer que se trata de um diagnóstico muito grave ou que o resultado não caracteriza nenhuma necessidade de retorno médico. O autodiagnóstico nunca é a melhor saída.

Diversos estudos já relataram que a busca por sintomas pode até mesmo agravar ou criar sintomas não existentes, já que o corpo reage a situações criadas pelo cérebro. Assim, o impacto psicológico resultante dessa busca pela internet refletia no agravamento de um sintoma detectado pelo paciente. Além disso, existem pessoas que sofrem de hipocondria digital – a cibercondria – que é a tendência em acreditar que possui as doenças sobre as quais leu online.

A cibercondria pode gerar muita ansiedade, conclusões precipitadas e preocupação excessiva, causando prejuízos diversos e piorando o estado geral de saúde do paciente. Além disso, os cibercondríacos geralmente levam em consideração os piores sintomas da busca na internet, já antecipando possíveis diagnósticos sem nenhum critério clínico. Médicos alertam que diversos tipos de doenças podem ter sintomas parecidos, por isso é de extrema importância procurar um profissional de saúde para identificar quais as verdadeiras causas do mal-estar.